System of a Down Curiosidades Daron Malakian

Sua guitarra favorita é uma Ibanez Iceman IC300, que ele encomendou, mas também adora sua 1996 Gibson ES-335;

Ele costumava quando criança, ter sonhos em que seus pais tomavam chá com Ozzy Osbourne;

Antes da carreira com o Soil/SOAD, Daron nunca teve um emprego fixo, algo que sempre preocupava seus pais. Tentou algo relacionado ao telemarketing, e deu auxilio em uma loja de madeira, orientado por "Sr. Lancaster" seu professor preferido;

Não era um bom aluno, fazia visitas frequentes a sala dos diretores, com as perguntas de "O que você quer da vida?", e a resposta imediata de Daron, "Quero ser músico!";

Se engrenou no mundo músical em seu último ano de colégio. Daron enfim se juntou a músicos de clube em Hollywood;

Ele se identifica com Charles Manson, Gandhi Madonna;

Ele gosta de bandas como Motörhead, Iron Maiden e escutava Cannibal Corpse e Metallica quando adolescente;

Seu álbum favorito de todos os tempos, é o "Reign in Blood" do Slayer;

Compra enormes quantidades, e revende CD's em uma loja de Los Angeles chamada "Amoeba Music";

Ele gostava bastante de Keith Moon e queria se tornar um baterista, mas seus pais não podiam lhe comprar uma bateria, então se divertia tocando Def Leppard em portas e panelas, enquanto aprendia guitarra;

Nunca fez aulas de guitarra. Aprendeu na prática;

Ele não gosta de New Metal, mas curte algumas músicas do P.O.D.;

Ele não quer ser um bom exemplo para ninguém, ele quer que todos sejam livres e corram riscos, mas diz que cada um tenha sua cabeça e que não sigam ele, pois já fez muitas coisas idiotas quando jovem que nenhuma criança deve fazer;

Ele diz que o Rock o salvou de ser um idiota;

Já dirigiu um Hummer, e atualmente dirige um Corvette;

A única coisa que se arrepende na carreira musical do SOAD, foi de ter feito as músicas de rap, com alguns artistas do gênero. Não foi algo de sua preferência;

É a favor da legalização de todos os tipos de drogas;

Nas gravações de Mezmerize/Hypnotize, Daron forrou as paredes do estúdio (Laurel Canyon Studios) com violões, na intenção de reverberar o ambiente, e assim conseguir timbres ideais para suas gravações de guitarra;

Na divisão de tarefas entre todos os membros do SOAD, o Daron fica com a parte da criação musical. Assume ser uma pessoa 'não sociável' para lidar com outras responsabilidades em uma banda;

No show de Portland em 05/10/2005 no intervalo da Suite-Pee, e nos shows da turnê 2012 ao final da Hypnotize, Daron toca algumas notas da música 'Jessica' do The Allman Brothers Band. Em homenagem a sua namorada, Jessica Miller;

Quando não está em turnê passa semanas dentro de casa sem sair, não gosta de baladas, ou festas. Tudo o que faz é criar novas melodias, adquirir novas técnicas, e tudo relacionado à música;

Em 2008 ele lançou sua banda paralela ao lado de John Dolmayan, o "Scars on Brodway". No final do mesmo ano, por motivos ainda desconhecidos, Daron cancelou toda a turnê da banda e "desapareceu" por quase um ano. Este foi o início de um longo período de pausa, que após este isso realizou apenas uma apresentação no Iraque, porém sem o Daron;

Ele gosta de trocar os móveis dos hotéis para confundir as camareiras;

Ele é meio anti-social, e normalmente fica dormindo duranteas viagens de ônibus até chegar nos locais onde irão tocar;

Ele pinta algumas unhas de preto;

Quando se estressa ou fica chateado ele costuma se despir, como no Festival Lownloads na Holanda, quando sua guitarra parou de funcionar (“Isso é tão anti-profissional...” foi o que Serj disse nessa confusão);

Ele costumava tomar muitos calmantes, mas agora ele prefere meditar;

Ele lançou seu próprio selo musical chamado "EatUrMusic", que não teve um longo período de atividade;

Daron co-produziu junto com Rick Rubin bandas como o "The Ambulance" e "Bad Acid Trip";

Ele acredita que muitas bandas são superficiais, e por isso ninguém mais vê que música é arte (é um poeta);

Ele diz que a música “Psycho” faz as garotas rirem, mesmo achando que a guitarra está chorando;

Ele gosta de Beatles (carros, não a banda);

Ele nasceu em L.A., mas seus pais nasceram na Armênia, e ainda vive na mesma casa desde os 11 anos de idade;

Ele fez um poema chamado "Victms Of A Down", em homenagem ao genocídio armênio, que por final foi usado como nome da banda trocando apenas o "Victms" por "System";

Ele diz qualquer coisa que lhe der na cabeça;

Ele gosta de hockey e tem sua própria camiseta escrito MALAKIAN #13, que pode ser vista no clipe de "Toxicity";

Ele gosta de sitcoms como “All my children” e “Three company”;

Ele gosta da Madonna, Iggy Pop, e Prince;

Suas duas músicas favoritas são “Sailing” de Christopher Cross e “Sultants of swing” de Dire Straits;

Durante as filmagens de "Chop Suey!", ele cantou “I Will Always Love You” de Whitney Houston e “Starway To Hevaen” do Led Zeppelin;

Ele tem medo de Garth Brooks;

No seu 27° aniversário, ele tomou uma “bolada” (bolo, não bola) na cara do técnico da batera do John, Sako. ("I Got A Gun The Other Day From Sako?" Será esse?);

Ele gosta de espetos de queijo e sopa caseira;

Ele costumava tocar guitarra de 7 a 10 Hrs por dia até se ligar e dizer: “Eu tenho que comer alguma coisa!”;

Ele diz que é bom se masturbar com a mão esquerda (?);

Tem uma impressionante coleção de esqueletos;

Não gosta de assistir televisão, exceto quando há um jogo de Hockey, ai ele tem a companhia de todos os seus familiares;

Começou a tocar guitarra por volta dos 12 anos de idade;

Seus pais também são artistas;

É conhecido como o integrante anti-social da banda;

Seu instrumento favorito é a bateria.