Arquivo de Notícias

Estão arquivados aqui todos os posts feitos em nosso site entre os anos de 2007 e 2013.

Você pode filtrar os resultados por categoria ou ano. Se preciso, utilize o campo de pesquisas padrão de nosso site.


System of a Down se engaja no caso do massacre de Kessab

03.04.14   Mau   Categorias: System of a Down

Massacre Kessab

Kessab, uma cidade predominantemente Armênia localizada no noroeste da Síria, situada exatamente perto da fronteira com a Turquia e Monte Aqraa, atualmente habita cerca de 650 famílias, com 3000 pessoas que estão se refugiando de ataques ligados à Al-Qaeda (organização fundamentalista islâmica). Desde 21 de março jihadistas rebeldes Sírios tomaram o controle da área.

Uma limpeza étnica de armênios aconteceu no Oriente Médio, mais de 80 Armênios foram mortos e remanescentes foram retirados de suas casas, onde as mesmas foram saqueadas e igrejas foram destruídas. Acredita-se que as ações aconteceram com o aval do governo Turco, que orquestrou o ataque a um jato MIG-23 da Força Aéria Síria que dava auxílio ao exército Sírio no combate dos rebeldes jihadistas.

O primeiro-ministro da Turquia, Tayyip Erdogan, disse em um comício eleitoral que o avião Sírio violou o espaço aéreo da Turquia, relatando que o MIG-23 estava a 1,2Km no espaço aéreo Turco, porém a Síria negou todas as justificativas tornando-se a resposta do primeiro-ministro inviável. A Síria intitulou o ataque como "agressão flagrante" afirmando que o jato estava perseguindo combatentes rebeldes dentro da Síria.

As ações estão sendo consideradas como complacência Turca, que através de diversos relatos afirmam que a Turquia se juntou aos rebeldes nas ações aumentando ainda mais a memória dos massacres de 1915, ano do Genocídio Armênio, onde mais de 1.5 milhão de armênios foram mortos por tropas Turcas.

O System of a Down ciente da causa e da necessidade está pedindo ajuda para conscientizar os membros do Congresso para que exijam ao Comitê de Inteligência do Senado e da Câmara a investigarem o papel de ligação da Turquia na Al-Qaeda em participação aos ataques na cidade de Kessab, onde 2 mil armênios foram expulsos e 80 foram mortos. Todas as pessoas eram sobreviventes do Genocídio Armênio que se habitavam no local após a Primeira Guerra Mundial.

A assinatura virtual será entregue para os senadores Patrick J. Leahy, Bernard Sanders e para o representante Peter Welch.

*Obs: Infelizmente a assinatura só poderá ser assinada por códigos postais dos Estados Unidos.

Porém inúmeras mobilizações estão acontecendo em diversas partes do mundo. Para ajudar na conscientização do massacre o uso da hashtag #SaveKessab nas redes sociais possui um enorme acréscimo para atrair o público no intuito da interação dos acontecimentos. Ajude!


Comentários